Principais diferenças entre os vinhos Cabernet, Merlot e Malbec

Principais diferenças entre os vinhos Cabernet, Merlot e Malbec

O vinho é uma bebida elegante e saborosa, que apresenta várias características que auxiliam na definição do seu sabor, como por exemplo, o aroma, coloração, produção, tipo de uva e até o teor alcoólico. De acordo com uma pesquisa realizada pelo site americano especializado na bebida, Wine Folly, estima-se que exista mais de 200 tipos de vinhos no mundo.

O tipo de uva utilizado é um dos fatores mais determinantes para diferenciar os vinhos. As mais utilizadas no mundo da bebida são as uvas viníferas. A variedade impressiona, atualmente, existe cerca de 5 mil tipos de uvas viníferas no mundo. As mais famosas entre os tintos são a Cabernet Sauvignon, Merlot, Malbec, Carmenère, Syrah e Pinot Noir.

Diferenciar os inúmeros sabores e aromas da bebida, parece ser uma tarefa difícil. Os vinhos Cabernet, Merlot e Malbec estão entre os mais conhecidos e consumidos. Porém, muitas pessoas possuem dúvidas sobre as diferenças entre eles. Para auxiliar e esclarecer algumas questões, o sommelier da Decanter, Sidney Lucas dá algumas dicas para identificar os diferentes estilos.

A uva Cabernet Sauvignon é uma das tintas mais conhecida no mundo. Popular na região de Bordeaux, na França, a bebida apresenta uma característica tânica forte. O vinho tem características encorpada, com aroma de frutas vermelhas escuras, como amora, mirtilo e ameixa, além de traços vegetais, como aspargo e pimentão, textura refinada e altos níveis de taninos.

De acordo com o sommelier, os vinhos produzidos com a uva Cabernet possuem coloração bem escura e com grande complexidade de aromas e sabores, que variam de frutas vermelhas escuras, quando ainda novos, até tabaco, trufa e couro depois de maduros. Uma das grandes diferenças da Cabernet Sauvignon é a espessura grossa de sua casca, tornando a uva mais resistente às diversidades climáticas.

Enquanto o vinho Cabernet Sauvignon possui uma característica forte na boca, o Merlot é macio. Extremamente frutado, a bebida apresenta aromas de frutas vermelhas como cereja e framboesa. A coloração varia de violácea quando jovem e parte para um roxo intenso. A uva é mais utilizada para a produção de vinhos mais jovens, embora também seja possível produzir rótulos mais duráveis.

“Os Merlots harmonizam perfeitamente com carnes de porco, cordeiro e vaca, além de queijos como parmesão, brie e camembert e pratos condimentados”, observa Sidney.

Derivado da família dos tintos mais clássicos, o vinho Malbec possui cor em tom vermelho púrpura intenso. Na boca apresenta sabor prolongado e taninos “doces”. O vinho pode ser robusto e bem concentrado, possui aroma de frutas vermelhas, como cerejas maduras, ameixas, morangos e anis. “Por se tratar de um vinho aromaticamente intenso e com excelente profundidade de sabor, é a escolha perfeita para as noites de temperaturas mais baixas, do outono e inverno”, finaliza Lucas.

Quanto à harmonização, a bebida é uma ótima escolha para pratos com carnes vermelhas e temperos de sabor mais intenso, como alecrim, pimenta e hortelã.

Decanter

Uma das maiores e mais destacadas importadoras de vinhos do Brasil, a Decanter foi eleita a Importadora do Ano, na edição anual de vinhos da revista Gula. Fundada em Blumenau, em 1997, conta com mais de 50 distribuidores por todo o país, além da rede de Enotecas Decanter.

Seriedade, respeito ao cliente e uma política de preços convidativos têm sidos alguns dos suportes desse crescimento.  No entanto, é a esmerada seleção de vinhos que dá corpo à empresa.